segunda-feira, 23 de abril de 2018

Resenha do livro: Menina de Vinte - Sophie Kinsella



Autora: Sophie Kinsella
Páginas:495
Ano de edição:2011
Editora:Record

Resenha
Lara é uma jovem de 27 anos, sócia na empresa L&N Recrutamentos Executivos, junto com sua melhor amiga Natalie.
Tudo começa quando Lara junto com sua família e alguns parentes próximos, se encontram no funeral de sua tia-avó Saide, que falecera aos 105 anos de idade, num asilo onde residia.
O funeral estava sendo uma cerimônia extremamente chata, tanto para Lara, seus pais, sua prima, tia e o tio multimilionário Bill. 
Sem flores, sem velas, tudo muito simples e sem um pingo de amor da família. Lara não aguenta mais tanta demora, quando de repente ouve uma voz em seu ouvido dizendo: Onde está o meu colar? Lara fica desesperada pensando que está ficando louca. Após um tempo, aquela voz fica se repetindo e fazendo a mesma pergunta, até que Lara a vê, é uma jovem de 23 anos de idade, apesar do semblante pálido, é muito linda e cheia de energia. Sadie se apresenta a Lara e faz com que ela arrume uma forma de parar o funeral, pois Sadie precisa do colar.
Depois de uma história completamente inventada por Lara, ela consegue com que o funeral seja adiado até que possam averiguar as informações prestadas por ela.
Sadie então, começa a passar os dias com Lara, contando de sua juventude um pouco rebelde, e de como era apaixonada por dançar, dançar e dançar... rs
Esse é o quarto livro da autora que eu leio, confesso que nas primeiras páginas, a leitura estava muito chata e desinteressante, mas após a aparição de Saide, a leitura fluiu descontroladoramente, eu não conseguia parar de ler e rir.
Saide é um fantasma, ela apareceu em seu funeral, e a única pessoa com quem ela pôde se comunicar, foi com sua sobrinha Lara, e agora ela precisa de sua ajuda para conseguir recuperar seu colar e poder então, descansar em paz.

Conforme os dias vão se passando, Lara e Sadie ficam muito próximas. Tantas coisas acontecem, Sadie desafia Lara e consegue provar a ela que precisa seguir em frente, e que Josh, seu antigo namorado, não é para ela, e Lara sem querer aceitar acaba vendo que ela tem razão.
A vida de Lara fica muito divertida com Sadie, esse anjo da guarda, como Lara a chama, faz com que ela se vista de anos 20, e muitas outras coisas que você só ficará sabendo lendo o livro.
As gargalhadas nessa história são garantidas.
Lara aprende a conhecer Sadie, como ela era quando jovem,e sente um remorso muito grande pela família nunca antes haver se interessado por ela.
Tantas reviravoltas e descobertas, é um livro que aborda muito mais do que amor, aborda os laços de amizade, o quanto a família é importante nas nossas vidas, e que precisamos conhecer as pessoas. Sadie confessa a Lara que mesmo tendo vivido 105 anos, nunca tivera tido filhos e nunca deixara a sua marca no mundo.
Será mesmo? Lara conseguirá recuperar o colar de sua tia-avó? E o funeral, irá acontecer?
Prepare-se para se emocionar, rir e chorar junto com Lara e Sadie.
Simplesmente é uma história incrível, se tornou o meu livro favorito da Sophie!!

  

segunda-feira, 26 de março de 2018

Resultado do sorteio do livro: Como eu era antes de você

Boa tarde meninas, é com muita alegria que venho trazer o resultado do livro: Como eu era antes de você - Jojo Moyes.

Foram 76 participações contando com as chances extras.
Realizei o sorteio pelo Random.Org que sorteia aleatoriamente. A planilha se inicia sempre pelo n° 2, pois o n°1 é sempre o nome. Porém, como eu fiz um teste para ver se estava tudo certo, porque fazia tempo que eu não criava formulário, o meu nome ficou no n° 2 ,então a planilha começou a partir do n° 3. Ok??

E  o n° sorteio é:

Que corresponde a: 


Ela cumpriu as regras obrigatórias que era Seguir o Blog publicamente e preencher corretamente o formulário:


E ganhou com chance extra, divulgou a frase do sorteio no Twitter: 


Parabéns Sabrina Piano, estarei entrando em contato através de um e-mail e você terá o prazo de 72hs para responder com o envio completo de seus dados, caso contrário, o sorteio será refeito entre os mesmos participantes!

E para quem não ganhou, ainda tem o sorteio do livro: Ainda Sou eu - Jojo Moyes e mais dois Kits de marcadores. Participem.

Assim que eu tiver um tempinho irei colocar para sorteio o livro O navio das Noivas - Jojo Moyes e O diário de Afrodite - Helena Leen. Então aguardem e fiquem de olho no blog. 

sexta-feira, 23 de março de 2018

Entrevista com a escritora: Thays M. de Paiva



1-Thays, em qual momento você percebeu que seu destino era ser escritora? 
Eu meio que sempre soube,  mas quando mais nova estava apegada à ideia de ter muito dinheiro e sabendo do mercado literário no Brasil não tinha pensando em viver da escrita. Ainda não vivo, mas é meu objetivo de vida.

2-De onde vêm os seus personagens, são inspirados em pessoas reais ou em fatos? 
Alguns são inspirados em pessoas que conheço, alguns de forma mais completa outros nem tanto. Mas a maioria sai da minha cabeça e imaginação mesmo.

3-No início, algum escritor ou livro te influenciou?
Sim, sempre. Rowling, Tolkien, Augusto dos Anjos no caso das poesias. L.J. Smith, Anne Rice. Para meus contos e romances esses autores que escrevem ficção e fantasia.

4-Qual de suas obras, ou personagens é seu favorito? Por quê?
É difícil escolher um, mas confesso que meu Klaus e meu Henry são um dos favoritos, mas meu xodó sempre será o romance que estou finalizando, Joe Lowis e o Chamado da Meia-Noite, pois comecei a escreve-lo com 15 anos.

5-O que você mais gosta nas próprias histórias?
A maneira como descrevo alguns sentimentos dos personagens, e a forma como a história se desenvolve. De alguma forma eu consigo reviravoltas que nem eu mesma entendo, às vezes.

6-O que te inspira na hora de começar uma nova história?
A minha inspiração vem do nada em momento aleatórios. Certa vez eu estava indo para a faculdade, passei em frente ao cemitério e BAM tinha quase a história toda na cabeça.

7-Qual é a sensação de ir a uma livraria e encontrar seu livro à venda?
Olha, isso ainda não aconteceu haha porque publicar de forma independente é complicado,  mas quando acontecer creio que irei chorar de emoção.

8-Atualmente, está cada vez mais difícil publicar um livro, principalmente devido a motivos financeiros. Qual foi a sua maior dificuldade na publicação de seu livro?
Fazer tudo sozinha. Revisar, enviar para diagramação, capa, e pagar tudo isso por conta própria, visto que as editoras que recebem originais no momento cobram absurdos e nós nem ao menos temos retorno.

9-Quanto tempo demora a escrever um livro?
Eu sou bem lenta pra escrever, tanto que meu romance vai para o oitavo ano de escrita, mas contos e poemas eu escrevo rápido. Depende do tempo e da inspiração.

10-Como surge, ou de onde vem a ideia para escrever um livro?
Como eu disse, minhas ideias são todas aleatórias. Não sei ao certo responder essa pergunta porque uma hora estou estudando coisas da faculdade e cinco segundos depois tenho uma ideia.

11-Você se sente realizada como escritora?
Não completamente, mas em parte sim. Sei que tenho muito caminho para trilhar ainda.

12-Se você pudesse deixar uma mensagem para aqueles que sonham um dia escrever um livro, qual mensagem deixaria?
Só escrever. As coisas acontecem com o tempo. Mas não desistam do sonho. Ele é difícil, mas vale a pena ver seu nome estampado na capa do seu livro. Sua história. Suas palavras.

Muito Obrigada pela entrevista Thays, gostei muito de conhecer um pouquinho sobre você e suas obras!

sexta-feira, 16 de março de 2018

Resenha do livro: O diário de Afrodite (O despertar da Deusa) - Helena Leen



Autora:Helena Leen
Páginas:225
Ano de edição:2017
Editora:Ixtlan

Resenha
Afrodite é uma jovem de quase dezesseis anos que mora com os seus pais e, é, muito amada e paparicada por eles.
Ela é uma menina triste, que está acima do peso e devido a isso é motivo de piada por seus colegas de classe. Todos a acham gorda e estranha.
Para ela, é uma tarefa muito difícil acordar todas as manhãs, deixar a segurança da casa onde é amada e querida, para ir rumo a um mundo onde as pessoas são tão cruéis. Ela só queria ser uma garota normal, se sentir bem com seus quilinhos a mais, namorar e ser feliz. Qual o problema disso? Por que parece ser tão difícil?
Há algum tempo Afrodite vem tendo sonhos estranhos, e num desses sonhos ela se encontra em um maravilhoso bosque, e um garoto muito lindo espera por ela. A partir daquele dia, assim que ela dorme, desperta novamente no bosque, e Adônis está sempre a esperar por ela. A amizade entre ela e o garoto passa a crescer constantemente. Conforme o tempo vai passando, Afrodite se vê apaixonada por Adônis e ele por ela. Começam a viver uma linda história de amor em seus sonhos.É amada pelo garoto perfeito, e as coisas não poderiam estar melhores.
A felicidade dentro de si é tão imensa, que ela se sente diferente, se olha no espelho e não se acha mais aquela garota gorda e sem graça, passa a ver suas qualidades, a ser vaidosa, se arrumar, se perfumar e muda completamente o seu guarda-roupas, agora se veste bem e se sente imensamente satisfeita consigo mesma.
Afrodite está apaixonada por Adônis, e acredita que nada nem ninguém irá afastá-los. Até que certo dia na escola, vê um garoto e a partir daquele momento as coisas mudam completamente. Adônis é o amor de Afrodite nos sonhos, mas que parece impossível, enquanto que Kaléu, é real, ela o ama e é amada por ele.

A história fluiu perfeitamente bem, fiquei muito dividida entre os dois amores de Afrodite,e não vejo a hora de ler a continuação. rs

Numa certa viagem que Afrodite faz com Kaléu e seus amigos, acontece algo surpreendente. Mais uma vez Afrodite tem um sonho que a leva a recordar de seu amado Adônis, e então ela irá descobrir quem realmente é, e que tudo que ela havia sonhado, não era apenas um devaneio e sim uma realidade. E agora, junto a Kaléu eles irão em busca da verdade. O que aconteceu com Adônis? Por que ele não visitou mais os sonhos de Afrodite? Qual será a sua verdadeira história??



terça-feira, 13 de março de 2018

Resenha do livro: Quando ela voltar - Paulo Henrique Bragança



Autor: Paulo Henrique Bragança
Páginas: 303
Ano de edição: 2018
Editora: Letras e Versos

Resenha

A história inicia-se com Matheus, um jovem que está prestes a perder a mãe para o câncer. Porém disposto a fazer qualquer coisa para salvá-la, ele sai em busca de algo que a possa curar. É aí que Matheus encontra uma misteriosa criatura que lhe fornece uma garrafa com um líquido, que segundo o homem misterioso, aquilo irá curar a sua mãe, e como pagamento, ele irá voltar para buscar dali a dezessete anos.
Marina é uma jovem que mora com os tios, Carol e Guilherme. Ela é uma menina muito triste, sofre bullying de seus colegas de classe. Com isso, ela sempre se mantém afastada de todos e não tem nenhum amigo.
Para ela, acordar todos os dias e ir para escola é uma árdua tarefa, porém ela prefere enfrentá-la a ficar em casa.
Sua tia Carol, é uma mulher sofredora que aguenta calada os abusos do marido. Guilherme bate em Carol, e só pára quando seus braços começam a doer. Marina do quarto, sempre ouve mas nunca consegue ajudar a tia, pois também é agredida pelo tio.
As coisas para Marina começam a mudar, quando entra estudar na mesma classe que ela, um garoto chamado Enzo. Marina é tímida, mas não consegue deixar de olhar para ele, alguma coisa naquele garoto faz com que sejam parecidos, talvez a dor que ela vê em seus olhos, a mesma dor dela.
Conforme os dias vão se passando, Marina e Enzo constroem uma linda amizade, saem juntos, lancham, e fazem os trabalhos de escola em dupla.
Porém, a maldade dos colegas é tão grande, que forjam um vídeo de Marina e Enzo, como se eles tivessem tido relações íntimas.
A partir desse momento a história muda completamente. Coisas terríveis passam a acontecer, tragédias e mais tragédias. O mal está por todos os lados á espreita de suas vítimas. Será que Enzo é capaz de descobrir o que está acontecendo na cidade de Araxá? Será que ele, é o único que pode acabar com o mal e com toda a maldição que vem ameaçando a todos? Se não bastasse tudo o que ele já sofreu, por que todas as pessoas que ele amava estavam partindo?

A leitura para mim fluiu muito bem, comecei a ler o livro ontem a noite, e hoje a tarde já havia terminado. O livro me prendeu completamente, a história apesar de um tanto trágica e mordaz, traz muitas reflexões a respeito do bem e do mal, de bullying,de agressões domésticas, estupro... O autor reuniu todos esses temas em uma única história, o que deixou o livro muito interessante, mas também muito intenso. Infelizmente essa é a realidade do mundo de hoje. O bem e o mal está ao nosso redor a todo o momento, mas cabe a cada um escolher qual deles seguir! 

segunda-feira, 12 de março de 2018

Resenha do livro: Confissões de um suicida - Thays M. de Paiva



Autora: Thays Martins de Paiva
Páginas:65
Editora: Independente
Ano de edição: 2017

Resenha 
O livro Confissões de um suicida, é um livro de poesias, inspirado em diversas fases no qual a escritora Thays Martins passou. Foram fases difíceis, e de todas elas, a Thays criou lindas e belas poesias.
São no total de 28 poesias divididas nas fases: Nascimento, Morte, Vida Após a morte e Ressurreição.
Eu sou apaixonada por poesias, e todas elas me tocaram de uma maneira diferente. Através delas, pude sentir a dor, a solidão, o desespero, o amor, o erro, o recomeço da escritora entre outras... É um livro muito tocante, profundo, realmente muito intenso.
Eu sempre acreditei que somente as pessoas sensíveis entendessem de poesia, a maioria delas, não sabem nem o que estão lendo. É preciso muito mais para entender a alma de um verdadeiro poeta, e a Thays tem essa sensibilidade, essa facilidade em transportar todos os seus sentimentos através da poesia.
Apesar do título um tanto quanto forte, é um livro gostoso de ler, são poesias que te levam a refletir muito sobre a vida e a sua essência!
Tem uma Paráfrase do poema feito pela Kat a Patrick do filme 10 Coisas que eu Odeio em você, ficou sensacional, esplêndido! 

Foi difícil encontrar uma poesia preferida, pois cada uma delas me tocou bastante,mas segue uma estrofe de "A queda do Erro"


   
        https://www.facebook.com/thaysmartinsdepaiva


    

sábado, 10 de março de 2018

Resenha do livro: Os segredos de Emma Corrigan - Sophie Kinsella



Autora: Sophie Kinsella
Páginas: 384
Ano de Edição: 2005
Editora: Record

Resenha
Emma é uma jovem que trabalha como Assistente de Marketing em uma importante empresa, sonha em ser promovida e seu chefe a envia para uma reunião, afim de fechar um contrato. Emma sabe que essa é sua grande oportunidade, e assim conseguir receber uma promoção. Mas infelizmente a reunião não sai como o planejado, e ela já se vê desempregada e perdida.
Durante o voo de volta Emma é transferida para a classe de executivos.
O avião passa por uma grande e terrível turbulência, e Emma acreditando que está prestes a morrer, segura a mão do homem sentado ao seu lado, e desaba a contar todos os seus segredos, dentre os mais pessoais, e as peças que prega nos colegas de trabalho.
Quando ela se dá conta o avião já pousou e ela fica totalmente sem graça por ter aberto sua vida descaradamente para um completo desconhecido, mas ciente de que nunca mais o verá, ela então sai do avião um pouco sem graça e quase correndo.  
No dia seguinte é chamada pelo seu chefe que a aquelas alturas já está ciente de todo o ocorrido da reunião. Mesmo não tendo sido promovida, Emma sai da sala tranquila pois ainda tem seu emprego.


Quando Emma chega na empresa Panther para trabalhar, ela percebe que todos estão muito nervosos e preocupados, a empresa está para receber o co-fundador, e mal sabe Emma que o dono da empresa é alguém que irá virar a sua vida completamente.
Será que seus segredos serão revelados? Quem é esse homem?

A história é muito divertida!! Um ponto negativo para mim é que até agora dos três livros que eu li da Sophie, as protagonistas são praticamente iguais, mentem,omitem,falam demais, pensam demais... rs
Mas a história é mega engraçada, você ri muito com a Emma e com suas colegas de apartamento.
É uma leitura leve e eu indico muito!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...