sábado, 8 de outubro de 2011

Menina: Vai sair mãe?

Mãe: Vou sim filha, com seu pai.
Menina: e eu vou ficar sozinha?
Mãe: é só por uma noite, não da pra morrer.
Menina: Ave maãe.
Mãe: Para de ser dramática garota, quando for a noite tranque as portas e se começar a chover feche as janelas.
Menina: Tabom mãe.

A garota se despediu da mãe, e foi assistir televisão. Logo mais a noite começou a chover de leve, então a menina foi trancar todas as portas e trancar todas as janelas, mas uma janela estava emperrada e se recusava a fechar. Ela decidiu deixar a janela destrancada e então foi pra sua cama, chamando seu cachorro como ela fazia todas as noites, ele sempre dormia embaixo da sua cama. No meio da noite ela acorda com o som de pequenas gotas caindo, o som vinha do banheiro do seu quarto. Ela achou que fosse da chuva , colocou a mão embaixo da cama e sentiu a lambida de seu cachorro, logo voltou a dormir, algum tempo depois ela acordou novamente, achando que era as gotas da chuva ela colocou a mão embaixo da cama, sentiu a lambida de seu cachorro e voltou a dormir. Novamente isso aconteceu ela ouviu as gotas , colocou a mão embaixo da cama e sentiu seu cachorro lambê-la, mais ela estava curiosa pra saber de onde vinham as gotas, se levantou calçou seus sapatos e foi até o banheiro, a medida que ela ia chegando perto o barulho ficava maior, ao abrir a porta do banheiro e ligar a luz ela se depara com a triste cena de seu cachorro pendurado no chuveiro com a garganta cortada e o sangue pingando no chão. Ela fica muito assustada e corre pra pia, ao chegar em frente a pia ela levanta a cabeça e lê no espelho uma frase escrita com o sangue de seu cachorro. A frase dizia: “HUMANOS TAMBÉM SABEM LAMBER”.
Ao ver aquilo ela grita muito, e no mesmo instante uma pessoa o agarra por tras prende sua boca com uma mão e com a outra passa uma faca ao redor da sua garganta, ele mata a menina arranca sua cabeça e coloca em cima do seu corpo, faz o mesmo com o cachorro que estava pendurado e coloca na porta do banheiro. Sua mãe ao chegar no dia seguinte vai até o quarto e não encontra sua filha, ao abrir a porta do banheiro ela se depara com aquela triste cena do banheiro todo ensanguentado e sua filha e seu cachorro mortos. Junto aos corpos tinha um bilhete escrito de sangue que dizia: Isso é pra você pensar duas vezes antes de deixar quem você ama sozinho(a). Ass: exterminador de crianças solitárias. Desde aquele dia , sempre que chove sua mãe vai até o banheiro e acende uma vela em memória de sua filha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

REGRAS
*Aqui é proibido insultar, usar palavras ofensivas e de baixo calão.
*Respeite a direção do Blog, pois fazemos o nosso melhor para organizá-lo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...