sexta-feira, 23 de março de 2018

Entrevista com a escritora: Thays M. de Paiva



1-Thays, em qual momento você percebeu que seu destino era ser escritora? 
Eu meio que sempre soube,  mas quando mais nova estava apegada à ideia de ter muito dinheiro e sabendo do mercado literário no Brasil não tinha pensando em viver da escrita. Ainda não vivo, mas é meu objetivo de vida.

2-De onde vêm os seus personagens, são inspirados em pessoas reais ou em fatos? 
Alguns são inspirados em pessoas que conheço, alguns de forma mais completa outros nem tanto. Mas a maioria sai da minha cabeça e imaginação mesmo.

3-No início, algum escritor ou livro te influenciou?
Sim, sempre. Rowling, Tolkien, Augusto dos Anjos no caso das poesias. L.J. Smith, Anne Rice. Para meus contos e romances esses autores que escrevem ficção e fantasia.

4-Qual de suas obras, ou personagens é seu favorito? Por quê?
É difícil escolher um, mas confesso que meu Klaus e meu Henry são um dos favoritos, mas meu xodó sempre será o romance que estou finalizando, Joe Lowis e o Chamado da Meia-Noite, pois comecei a escreve-lo com 15 anos.

5-O que você mais gosta nas próprias histórias?
A maneira como descrevo alguns sentimentos dos personagens, e a forma como a história se desenvolve. De alguma forma eu consigo reviravoltas que nem eu mesma entendo, às vezes.

6-O que te inspira na hora de começar uma nova história?
A minha inspiração vem do nada em momento aleatórios. Certa vez eu estava indo para a faculdade, passei em frente ao cemitério e BAM tinha quase a história toda na cabeça.

7-Qual é a sensação de ir a uma livraria e encontrar seu livro à venda?
Olha, isso ainda não aconteceu haha porque publicar de forma independente é complicado,  mas quando acontecer creio que irei chorar de emoção.

8-Atualmente, está cada vez mais difícil publicar um livro, principalmente devido a motivos financeiros. Qual foi a sua maior dificuldade na publicação de seu livro?
Fazer tudo sozinha. Revisar, enviar para diagramação, capa, e pagar tudo isso por conta própria, visto que as editoras que recebem originais no momento cobram absurdos e nós nem ao menos temos retorno.

9-Quanto tempo demora a escrever um livro?
Eu sou bem lenta pra escrever, tanto que meu romance vai para o oitavo ano de escrita, mas contos e poemas eu escrevo rápido. Depende do tempo e da inspiração.

10-Como surge, ou de onde vem a ideia para escrever um livro?
Como eu disse, minhas ideias são todas aleatórias. Não sei ao certo responder essa pergunta porque uma hora estou estudando coisas da faculdade e cinco segundos depois tenho uma ideia.

11-Você se sente realizada como escritora?
Não completamente, mas em parte sim. Sei que tenho muito caminho para trilhar ainda.

12-Se você pudesse deixar uma mensagem para aqueles que sonham um dia escrever um livro, qual mensagem deixaria?
Só escrever. As coisas acontecem com o tempo. Mas não desistam do sonho. Ele é difícil, mas vale a pena ver seu nome estampado na capa do seu livro. Sua história. Suas palavras.

Muito Obrigada pela entrevista Thays, gostei muito de conhecer um pouquinho sobre você e suas obras!

5 comentários:

  1. Sempre que leio uma entrevista de uma autora, fico ainda mais motiva em finalizar meu livro se ela estar demorando 8 anos para finalizar então ainda estou no lucro.

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente adore ler entrevistas com autores. Sempre tem algo de curioso que se apresenta! Agora, que tempo para finalizar, viu? 8 anos! Eu sou meio impaciente... Já teria encontrado a finalização de alguma forma! kkkkk...

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Caramba, que demais essa entrevista! Não conhecia a autora nem os livros dela ainda. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Vanessa.
    É sempre bom "escutar" um autor novo, que está começando. E sobre inspiração sou como ela, posso estar fazendo o que for e do nada bate aquela coisa e aí já pego lápis e papel e mando ver.

    Sucesso para a autora.

    - Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa, tudo bem?

    Adorei conhecer um pouco mais da Thays, pois a conhecia apenas através de suas poesias. É interessante ver um autor descrevendo todas as dificuldades no mercado editorial, pois algumas pessoas ainda acham que isto é besteira e não dão o devido valor a estes autores. Fiquei curiosa por esse romance que ela está escrevendo à 8 anos. Adorei a entrevista, você abordou pontos muito peculiares!

    Beijos!

    ResponderExcluir

REGRAS
*Aqui é proibido insultar, usar palavras ofensivas e de baixo calão.
*Respeite a direção do Blog, pois fazemos o nosso melhor para organizá-lo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...